Série Times do Brasil #5: curiosidades sobre o Flamengo

Bandeira Mengão

 O “Mais querido do Brasil” conta com a maior torcida nacional e alguns fatos curiosos em sua trajetória

Por Fátima Lopes 

O Clube de Regatas Flamengo foi fundado no dia 15 de novembro de 1895, na praia do Flamengo (Praia do Russel à época), no Rio de Janeiro. Com quase 117 anos de história, encontramos algumas curiosidades que envolvem o time “mais querido do Brasil”.

Vista aérea do Aterro do Flamengo, localizado no bairro homônimo da zona sul carioca; é nessa localidade que fica o time “mais querido do Brasil”.

1. O “Clube de Regatas Flamengo” foi criado em 1895 com o objetivo de participar de competições de remo, esporte muito popular à época no Rio de Janeiro. Entretanto, em 1902, quando o futebol já duelava com o remo como o esporte mais popular da cidade, os associados rubro-negros passaram a frequentar o Fluminense afim de acompanhar partidas de futebol e, em troca, os associados do Fluminense remavam pelo Flamengo. A “parceria” acabou em 1911, quando houve uma cisão no Fluminense e foi criada oficialmente a divisão de futebol do Flamengo, isso no dia 8 de novembro.

2. As primeiras cores do time eram o azul, que representava a Baía de Guanabara, e o amarelo, símbolo das riquezas do Brasil. Foram trocadas em 1896 pelo vermelho e preto, cores da bandeira do Jockey Club Brasileiro.

3. O slogan “O mais querido do Brasil” surge em 1927, quando o Flamengo ganha outra disputa contra o Vasco, e o Jornal do Brasil decide lançar um concurso para escolher “O clube mais querido do Brasil”. O vencedor levaria a “Taça Salutaris”, troféu oferecido pela engarrafadora de água mineral homônima. O resultado seria definido pelo maior número de rótulos do produto preenchidos com o nome do torcedor e o nome do time “mais querido”, os quais deveriam ser levados à sede do jornal; quem tivesse mais votos ganharia. Os torcedores vascaínos, a maioria portugueses, tinham comércio e isso fez com que tivessem uma vantagem, que foi revertida quando torcedores rubro-negros disfarçaram-se com escudos do Vasco e sotaque lusitano, no dia da apuração, e jogaram os rótulos vascaínos fora, dando a vitória ao Flamengo.

4. O maior artilheiro foi Zico, com 509 gols em 732 jogos.  E o maior artilheiro do time em uma mesma partida foi Durval, no jogo entre Flamengo e o Campos-RJ. Durval marcou 7 dos 13 gols feitos pelo time, dando à partida um placar  final de 13 x 1.

5. As maiores goleadas aplicadas pelo Flamengo foram contra o Mangueira (RJ) e o River (RJ), ambos com o placar de 16 x 2 no Campeonato Carioca. E as maiores sofridas foram contra o Botafogo (RJ) e o Montherwell (Escócia), onde o time sofreu 9 gols e marcou apenas 2 em ambos os jogos.

6. O time já ficou 52 jogos invicto, isso em 1978, quando teve 43 vitórias e 9 empates.

7. O Flamengo aparece como um dos 10 maiores time do século XX, eleito pela FIFA em 2000. No ranking, aparecem também o Santos em 5º lugar e o Botafogo em 13º.

8. No Maracanã, o Clube de Regatas do Flamengo traz 6 dos 10 maiores públicos que o estádio já recebeu, perdendo somente para jogos que envolviam a Seleção Brasileira.

9. A primeira torcida organizada do Brasil é a rubro-negra. A “Charanga Rubro-Negra” foi criada por Jayme de Carvalho em 1942. Em um jogo do Flamengo contra o Fluminense, um grupo de pessoas tocava alguns instrumentos um pouco desafinados, e o locutor da partida, também torcedor do Flamengo, Ary Barroso, comenta que aquilo não era uma torcida, era uma charanga. A “Charanga Rubro-Negra” é considerada a mãe da atual Torcida Rubro-Negra e de todas as outras torcidas organizadas pertencentes ao Flamengo hoje em dia.

10. O time, junto com o Corinthians, São Paulo, Palmeiras e Vasco, soma 47% dos torcedores do Brasil. Só o Flamengo corresponde a 15% desses torcedores com o número surpreendente de 29,2 milhões de adeptos.

11. O Flamengo tem o recorde de público mundial em um jogo de futebol. Em 1963, Flamengo e Fluminense levaram ao Maracanã nada menos que 194.603 pagantes.

12. O Flamengo é a única agremiação que conseguiu colocar mais de 100 mil torcedores em um estádio por 100 vezes.

13. Segundo pesquisa, em 2010, o time contava com 51% da torcida do estado do Rio de Janeiro.

14. Entre os torcedores, encontram-se alguns famosos, dentre eles Vera Fisher, Ingrid Guimarães, Oscar Niemeyer, a apresentadora Xuxa, Gabriel O Pensador, Tony Garrido e Cláudia Raia.

A torcida do Rubro-Negro é a maior do Brasil, com 29,2 milhões de adeptos.

15. A torcida flamenguista não bate recordes de público somente no estádio do Maracanã; 13 estádios nacionais, com capacidade para mais de 20 mil pessoas, já receberam o Flamengo e tiveram recordes de torcida batidos por ele.

16. É um dos únicos clubes que possuem a maioria de sua torcida fora de seu estado de origem. Existem 21,7 milhões de flamenguistas fora do Rio de Janeiro, contra 7,5 milhões no estado.

17. É o maior vencedor da Taça Guanabara, com 18 títulos.

18. O maior público registrado no Campeonato Brasileiro foi em um jogo do Flamengo contra o Santos em 1983. O “Maraca” foi lotado com 155.253 flamenguistas, que viram o time conquistar seu terceiro título brasileiro.

19. O urubu torna-se mascote do time após um clássico contra o Botafogo no Maracanã. O time alvinegro estava ganhando a partida quando o animal pousou no campo com uma bandeira do time rubro-negro amarrada em si; logo depois, o Flamengo virou o jogo. Antes do urubu, o time teve a cobra coral e também um papagaio como mascote, além do personagem Popeye.

20. Foi o primeiro, entre os times brasileiros, a ter uma loja temática. A Fla Boutique surge em 1981 na Sede da Gávea. O time também foi o primeiro a receber patrocínio em sua camisa, quando, em 1984, a Petrobrás chega ao clube da Gávea e mantém-se até hoje (trata-se do mais longo patrocínio de futebol no país).

Similar posts

No Comments Yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>